Novelas e Séries

Terra Nostra

Segunda-Feira, 08
Capítulo 112

Juliana fica surpresa ao saber que Amadeo foi preso acusado pelo assassinato do marido da Hortência e sua amante, pergunta ao Matheo se ele acredita que é verdade, Matheo responde que não duvida. Juliana pergunta se arrumou algum emprego, Matheo diz que não e que ainda o chamaram de anarquista.

Hortência visita Amadeo e pergunta se ele matou Hernandez, ele não responde e Hortência diz que quer confiar nele, Amadeo diz que confiará não perguntando.

O delegado Eriberto diz que não solta Amadeo, pois ele fugiria no primeiro trem e que tem certeza que foi ele quem matou.

Angélica diz ao pai que não há mais lugar para estocar café e pergunta se é melhor estocarem com o preço tão baixo, Gumercindo lhe aconselha a esperar.

Augusto comenta com Rosana e Maria do Socorro que o povo pede que queime o café para forçar o governo a aumentar o preço, Maria do Socorro fica indignada, Augusto diz que mais uma Casa Bancária faliu, Rosana pergunta se foi de Francesco, Augusto responde que ainda não mas teme que breve acontecerá o pior, prejudicando Gumercindo.

Janete diz a Josué que precisam sair para comprar a mobília para a casa, Luiza pergunta à Janete se ela e Antonia irão servi-la na nova casa, Janete se espanta com a pergunta, Luiza diz que prefere ficar para servir ao senhor Francesco.

Juliana pergunta ao Matheo como ficará o trabalho de Amadeo enquanto estiver preso, Matheo responde que não se importa. Dolores pergunta ao Matheo se sabe da situação de Amadeo, ele responde que sim e que infelizmente não poderá fazer nada. Juliana consola Dolores.

Francesco diz a Paola que realmente não podem fechar a fábrica de macarrão e que logo as coisas melhorarão. Paola diz que não fechará a fábrica de jeito nenhum. Paola pede para a mãe que o pai não fique bravo com ela e Francesco, pois ele passa por dificuldades na Casa Bancária.

Na reunião, os sócios de Francesco pedem ajuda, pois a crise está fazendo com que eles fechem as fábricas e dispensem os funcionários, Francesco não tem como ajudar, Marco Antonio aconselha que peçam a falência pra salvarem a Casa Bancária, Francesco se irrita.

Janete e Josué vão almoçar no restaurante, pedem vinho e Janete vê que ele conhece o assunto, mas ele disfarça dizendo que está enganando. Marco Antonio e Francesco saem pra almoçar e vão ao mesmo restaurante. Janete fica preocupada, Marco Antonio fica irritado e ameaça bater em Josué, Francesco o acalma e diz que não tem nada a ver com a vida dela e deve respeitá-la, eles se retiram.

Anacleto resmunga porque Francesco não foi almoçar em casa, Inês diz que é por causa dele, Paola diz que se ele não implicasse tanto, eles poderiam morar junto na mansão e economizar no aluguel da casa, Anacleto ironiza dizendo que beijará a mão de Francesco e pedirá a benção.

Matheo visita Amadeo e pergunta ao delegado o porquê. Ele responde que é suspeito de um duplo homicídio. Amadeo fica surpreso com a visita de Matheo que pergunta por que deu dinheiro pra Januário, assumindo, assim, sua culpa, Amadeo não responde. Matheo oferece para ajudá-lo, então Amadeo pede que ajude Hortência e continue as obras dos sobradinhos, Matheo diz que o ajudará.

Quando Matheo chega na pensão, Hortência pergunta por Amadeo e diz que está sendo indiciado por duplo homicídio. Hortência se desespera e Dolores acredita que ele está acobertando Antonio, seu sobrinho.

Janete e Josué estão na casa de Marco Antonio onde vão morar, Janete diz que irá trazer os quadros que lhe pertencem para alegrar a casa, Josué diz que confia em seu bom gosto. Voltam pra casa, Janete entra e pede para eles conversarem depois, Josué fala pra si mesmo como está sendo fácil.

 

Terça-Feira, 09
Capítulo 113

Hortência vai visitar Amadeo na cadeia e pergunta se ele matou mesmo Hernandez. Amadeo nega! Gumercindo vai para a fazenda tentar ajudar Angélica. Conversa com ela e propõe a ela que venha com ele para São Paulo e que vendam as fazendas que Augusto herdou do pai. Angélica não concorda com o pai. Augusto conversa com Maria do Socorro e comenta sobre o seu discurso e sobra mais um banco que decretou falência! Francesco está sob pressão dos comerciantes e, juntamente com Marco Antônio, decidem decretar a falência dos comerciantes para não fazer o mesmo com a Casa Bancária. Francesco e Marco Antônio saem para almoçar e encontram Janete e Josué no restaurante. Marco Antônio fica nervoso e sai do restaurante. Matheo vai conversar com Amadeo e promete ajudá-lo enquanto ele estiver preso. Amadeo agradece. Matheo conversa com Juliana que acha muito bonita a atitude de Matheo e diz que já espera isso dele, pois sabe que é casada com um homem muito bom. Hortência também agradece Matheo. Damião e Tiziu voltam para São Paulo e vão falar com Francesco que acaba dando emprego a eles de novo. Janete e Josué mudam-se para a casa nova e levam consigo Luiza e Antônia. Damião oferece ao patrão os serviços da irmã Naná, já que sabe que ela e Antenor também estão desempregados. Francesco conversa com Marco Antônio que também concorda! Paola gosta da nova casa. Francesco fica nervoso com Janete, pois ela foi embora e levou tudo o que podia inclusive roupas de cama e banho. Os italianos da fazenda de Gumercindo vão conversar com Angélica sobre a colheita e sobra a ameia. Eles querem saber quando eles vão receber. Angélica conversa com eles e os acalma.

 

Quarta-Feira, 10
Capítulo 114
Gumercindo conversa com Angélica e diz a ela que Augusto sugeriu que ela vendesse as fazendas. Angélica fica uma fera. Luiza conversa com Francesco e avisa ele que está se mudando para a casa nova e que ele já pode voltar para a casa dele. Damião volta para São Paulo e Francesco o coloca de novo a seus serviços, ele e Tiziu. Os dois ficam muito felizes e oferecem os serviços de Nana. Francesco concorda e Tiziu vai para Santos falar com a tia que acaba aceitando na mesma hora e vai para São Paulo com toda a sua família.

Os italianos da fazenda de Gumercindo vão conversar com Angélica e cobrar a sua parte da ameia. Angélica não tem como pagar-lhes e resolve ir para São Paulo conversar com o pai. Gumercindo pede o dinheiro a Francesco, que acaba lhe fornecendo somente a metade. Gumercindo, para não deixar suas firmas, em sociedade com Francesco falirem, devolve o dinheiro. Hortência vai visitar Amadeo que acaba confessando o crime ao se deparar com a vizinha de Hortência que o viu saindo da casa dela no dia do crime!

Amadeo diz que matou Hernandez mas que quando chegou na casa, encontrou a esposa de Januário morta. Heriberto acredita nele e até permite que Amadeo vá para casa. Aconselha Amadeo a procurar um bom advogado para poder sair livre dessa. Hortência está mais aliviada agora que o marido está em casa. Dolores pede a Hortência que não se anime muito pois ninguém sabe o que pode acontecer. Amadeo ainda não está livre da condenação.

Naná chega de Santos e começa a ter um ótimo relacionamento com Paola. Paola conversa com Francesco e diz que quer ter mais um filho logo. Francesco se espanta, a princípio, mas acaba concordando. Paola diz que vai começar a fazer gemadas para ele de novo! Amadeo e Matheo conversam. Amadeo agradece Matheo pela ajuda e pede a ele que continuem trabalhando juntos. Matheo diz que não aceita pois não quer correr o risco de ser mandado embora de novo. Francesco e Marco Antônio conversam sobre a situação da Casa Bancária e sobre os investimentos de Gumercindo.

 

Quinta-Feira, 11
Capítulo 115

Augusto faz um significativo discurso na câmara dos deputados. O texto dá ênfase ao problema que o país atravessa, apontando como a solução mais viável a moratória à juros baixos. Os deputados, apesar de concordarem, mostram-se cautelosos e apreensivos, uma vez que não esperava que o problema atingisse tamanha proporção.

No restaurante, almoçando com Francesco e Marco Antônio, ele se espanta com o fato de seu sogro Gumercindo não retirar o dinheiro do banco. Em casa, com Angélica, ele tenta falar no assunto da venda das fazendas e ela prontamente o ameaça de deixá-lo em tais circunstâncias. Naná, agora trabalhando como cozinheira na mansão de Francesco, descobre por intermédio de seu sobrinho, que Gumercindo mora na casa ao lado. Ela fica preocupada, mas o menino garante à Antenor que não levará ao conhecimento do primo que Gumercindo é seu pai. Mais tarde, sozinha, Naná se recorda do dia em que fora seduzida por Gumercindo.

Numa fila de desempregados, esperançoso por uma vaga, Matheo é impedido de entrar na fábrica depois que um candidato o chama de anarquista. O funcionário escuta a discussão e chama outro. Desolado, Matheo vai para a casa de Gumercindo. Este, entendendo sua aflição, oferece uma proposta que certamente o ajudaria muito. Trataria-se da transferência de Matheo de São Paulo para a fazenda de Angélica.

Matheo não responde, pois primeiro consulta Amadeo, que entende o problema. E prevendo a reação de Juliana, Matheo lhe fala da proposta. Juliana não aceita de maneira alguma que ele volte para a fazenda, prevendo que Rosana certamente irá atrás dele. Ela o adverte que sua ex-mulher usará o filho para tê-lo de volta. Matheo concorda com ela, e afirma que se isso acontecer, ele, no mesmo dia, retorna para São Paulo. O problema, por enquanto, está sem decisão apresentada.

 

Sexta-Feira, 12
Capítulo 116

Paola e Francesco discutem sobre Anacleto. Paola consegue, afinal, convencer o marido a aceitar seus pais em casa. Mais tarde, Inês e Anacleto entram na casa de Francesco mal conseguindo disfarçar o espanto ao saber que o genro possui tamanha mansão.

Amadeo, junto de Hortência, chegam ao advogado doutor Ivan Maurício. Amadeo confessa o crime, e depois de responder as perguntas, ouvem o que queriam, pois o doutor aceita o caso.

Na pensão, Dolores tenta aconselhar a filha para que não gaste todo o dinheiro deixado pelo falecido Hernandez, para salvar Amadeo. Porém, Hortência está decidida a proteger o atual companheiro.

Matheo continua procurando trabalho pelas fábricas de São Paulo sem sucesso, pois a notícia de que ele é anarquista parece ter se espalhado.

Na casa de Gumercindo, não se discute outro assunto senão a ameaça de separação de Angélica, em vista da decisão do marido Augusto, de vender as fazendas que herdara do pai. Gumercindo e Maria do Socorro conversam com ela, que parece tão decidida a não voltar atrás quanto o marido. Gumercindo argumenta, dizendo que não agüentará sustentar duas filhas largadas do marido e os netos. Angélica menciona o nome da irmã exatamente quando esta entra na sala. Rosana diz que fora abandonada pelo marido, e agradece a ajuda do pai em tentar reaproximá-la de Matheo.

Marco Antônio conversa com Augusto durante almoço no restaurante. Aproveitando o elogio que Marco Antônio faz ao deputado pelos seus discursos na câmara, Augusto faz comentários sobre a venda de suas fazendas. Marco Antônio o coloca a par da situação real que o país atravessa, o deixando muito preocupado, já que seu sogro, Gumercindo, tem dinheiro investido no banco de Francesco.

Bartolo prevê que sua plantação de uvas dará frutos adequados para fabricação de vinho somente depois de três anos. Preocupados, ele e a esposa param para pensar no que podem fazer enquanto não podem ganhar dinheiro como empresários.

Antenor vai à casa de Janete e consegue o emprego anunciado no jornal. Depois de rápida entrevista, ele é aceito. Quando chega em casa, o menino Tiziu revela o caso de Janete com Josué.

 

Sábado, 13
Capítulo 117

Marco Antônio insiste no assunto de sua mãe estar amasiada com o cocheiro Josué. Francesco diz para que ele desista dessa discussão e deixe Janete viver a vida dela. Depois, comentam sobre os últimos acontecimentos da vida industrial, citando nomes importantes em ascensão.

Augusto, na casa dos sogros, fala sobre a esposa, Angélica, e acaba dizendo que ela fora criada com rédeas curtas. Gumercindo diz que cabe a ele corrigir o erro. Junto com Angélica, Gumercindo vai à fazenda e conversa com os colonos italianos, dizendo que comprará a parte que foi colhida nos cafezais à preço de mercado. Depois, quando questionado pelos colonos, ele pede que tenham um pouco mais de paciência, pois ainda tem esperança que o preço do produto aumente. Todos concordam, e voltam a aguardar.

Após a audiência com os camponeses, Gumercindo faz uma visita aos amigos Bartolo e Leonora, onde, como sempre, é bem recebido. Anacleto e Inês finalmente entram na casa de Francesco e Paola. O siciliano diz que não mais provocará Francesco, e ainda lamenta que não tem nada para fazer na vida. Depois de Inês dispensar o marido, Marco Antônio apresenta a filha que tirara de Juliana. Pede que Inês tenha os mesmos cuidados que tem com a filha de Francesco.

Acontece que durante a manhã, Marco Antônio fizera uma visita à fábrica de massas de Paola, onde estava Juliana com sua filha. Juliana o informa que provavelmente estará deixando São Paulo com Matheo. Prevendo que não poderá ver a filha, ele a levara para a casa do pai.

Matheo decide se reunir com Maria do Socorro e Rosana, já que Gumercindo está ausente. Quando toca no assunto de sua ida à fazenda de Angélica, acrescenta o detalhe que fará Rosana insultá-lo. Ele diz que irá somente se Juliana o acompanhar. Rosana retruca dizendo que assim seu pai não aceita que o negócio seja fechado.

Angustiada, ela se fecha no quarto, mas Mariana entra para ter uma conversa. Inesperadamente, a governanta expressa sua opinião de maneira direta, relatando que fora testemunha do sofrimento de Juliana, e que Rosana apenas está pagando pelos seus pecados.

Arquivo word Copiar texto