Novelas e Séries

dom > A partir de 19h

Maratona O Cravo e a Rosa

Capítulos 25 a 30

Julião Petruchio é dono da fazenda Santa Clara, onde fabrica queijos para vender na cidade. Ele herdou a propriedade do pai em condições precárias, e luta para mantê-la funcionando, apesar de seu trabalho duro mal dar para saldar suas dívidas. Catarina, por sua vez, é uma jovem muito temperamental, conhecida por botar todos os pretendentes para correr. Rica, bem-educada e afinada com a causa do feminismo, que começa a ganhar repercussão na sociedade paulistana, ela está convencida de que homem nenhum presta, e diz que nunca se casará.
Na fazenda de Petruchio também vivem Calixto (Pedro Paulo Rangel), antigo criado da casa, que é como um pai para o fazendeiro; Neca (Ana Lúcia Torre), uma criada esforçada, sempre às turras com Calixto; e Lindinha (Vanessa Gerbelli), sobrinha de Calixto, moça bonita e sem estudo, criada desde pequena na fazenda. Ela é apaixonada por Petruchio, que a trata como irmã. Para conquistá-lo, Lindinha é capaz de qualquer golpe baixo. A jovem é o amor da vida de Januário (Taumaturgo Ferreira), um caipira ingênuo e de bom caráter, cuja única companhia é uma porquinha de estimação a quem ele trata como filha. Lindinha o humilha sempre que possível.
Apelidada pelos rapazes de “Fera”, Catarina é a filha mais velha do banqueiro Nicanor Batista (Luís Melo), que está sempre à procura de pretendentes para ela – que os despreza. Moça com ideias feministas, luta pela causa ao lado de suas amigas Lourdes (Carla Daniel) e Bárbara (Virginia Cavendish). Quem mais sofre com a atitude de Catarina é sua irmã mais nova, Bianca (Leandra Leal), menina meiga e romântica que sonha em encontrar um grande amor. Para seu azar, seu pai é um conservador que só consente que ela se case depois que Catarina o faça.
Apesar de opostos um do outro, Petruchio é convencido – pela má influência de seu tio Cornélio Valente (Ney Latorraca) e sua esposa, a dissimulada e ambiciosa Dinorá (Maria Padilha) – de que casar com Catarina acabaria com seus problemas financeiros. É então que o caipira começa a cortejá-la, fingindo ser submisso e pateta, e deixando que ela o manipule à vontade. Após muita resistência e alguns embates, ela aceita se casar com ele para se livrar da pressão do pai. A vida de casado, porém, é um inferno, já que os dois são extremamente geniosos. No entanto, com o tempo, ela começa a perceber as qualidades do marido e se apaixona por ele, que também se apaixona por ela, mas nenhum dos dois dá o braço a torcer. É nessa briga de cão e gato que a comédia está garantida.
Mesmo depois de casado, Petruchio não consegue resgatar a dívida com o agiota Joaquim de Almeida Leal (Carlos Vereza). Fazendeiro poderoso, ele tem ódio de Petruchio, a quem considera culpado pela perdição de Muriel (Drica Moraes), sua única filha. No passado, ela se apaixonou pelo fabricante de queijos, mas foi rejeitada e sofreu muito. O pai a enviou para estudar na Suíça, onde ela se perdeu e seguiu uma vida libertina. Como vingança, Joaquim passa a pressionar Petruchio para que ele lhe entregue a fazenda.
A novela toma outro rumo com a volta de Muriel, que agora atende pelo nome de Marcela. Ela chega da Europa acompanhada pelo fiel escudeiro Ezequiel (Déo Garcez), disposta a conquistar Petruchio. Quando fica sabendo do seu casamento com Catarina, Marcela seduz Batista por interesse, e o usa para destruir a vida da rival.
Mesmo com várias armadilhas armadas por Marcela e Lindinha (que fazem tudo para separá-los), com as ameaças de Joaquim e com as inúmeras brigas ocasionadas pelos seus temperamentos explosivos, Petruchio e Catarina finalmente se entendem e admitem que se amam. Catarina descobre que está grávida, e os dois ficam ainda mais felizes. A má notícia do casamento de Batista com Marcela parece trazer uma vantagem para o casal: o banqueiro pretende entregar à filha várias apólices do seu banco, o que a tornará rica e a ajudará a melhorar sua vida com Petruchio. As apólices, entretanto, desaparecem misteriosamente do cofre do pai durante a festa do casamento. A verdade sobre o roubo das apólices só aparece no capítulo final. Petruchio reúne todos os que estavam presentes no dia do crime e pressiona-os até chegar à verdade.

Arquivo word Copiar texto