Variedades

Armação Ilimitada

sábado, às 17h15
Dia 19 de agosto

Sucesso nos anos 1980, série volta ao VIVA

Logo após “Juba & Lula”, o canal volta a exibir a série “Armação Ilimitada”, que apresenta o triângulo amoroso entre Juba, Lula e Zelda Scott (Andréa Beltrão), numa história que mistura esportes, romance e aventura, numa linguagem jovem.

“Armação Ilimitada” foi exibida originalmente de 1985 a 1988 e logo se tornou um marco da televisão brasileira. Lançada numa época em que se lutava pela democracia e liberdade de expressão, a ideia da série surgiu dos próprios atores Kadu Moliterno e André de Biasi e teve direção de Guel Arraes.

Os personagens principais, Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biasi), são amigos de infância e sócios de uma empresa de prestação de serviços, a Armação Ilimitada. Juntos, eles parecem ser capazes de enfrentar qualquer situação, desde que envolva muita adrenalina e aventura. O enredo parecia perfeito para os garotões – muitas ondas e muitas mulheres – até que Zelda (Andréa Beltrão) entra em cena e mexe com a rotina dos dois. Alguns episódios depois, eles adotam Bacana (Jonas Torres), um garoto esperto que perdeu os pais, artistas de circo. Em pouco tempo, o menino revela ter o mesmo espírito aventureiro dos pais adotivos.

Juba e Lula se apaixonam por Zelda

Juba e Lula são sócios na Armação Ilimitada e topam qualquer desafio. Eles moram juntos e são amigos desde infância, mas os dois acabam apaixonados pela mesma mulher: a jovem repórter Zelda Scott.

No primeiro episódio eles conhecem a jornalista durante um enduro em que participam. Nesse mesmo dia, o pequeno Bacana (Jonas Torres) aparece na vida dos dois aventureiros e eles passam a criar o menino.

Entre vôos de asa delta, ondas e corridas de motocicleta, Zelda se vê dividida entre Juba e Lula. É então que os dois resolvem participar de mais um enduro, e o vencedor da disputa ganhará, também, o coração da moça.

Arquivo word Copiar texto